"A reflexão não tem lado predefinido e não se apoia em binarismos." Convidamos você eleitora e eleitor a uma reflexão sobre a importância das eleições legislativas. Conheça e participe da Campanha: "A Lição de Casa da Cidadania".
Procurar no site:
   Cidadania e Reflexão / Política
A Lição de Casa da Cidadania (campanha)
Memorial do Cidadão
Cidadania
Educação
Política
Utilidade Pública
Entidades e Serviços
em destaque

Informação postada na página Aline Diniz Amaral em: https://www.facebook.com/aline.d.amaral.1


Aparentemente a empresa Tallento que fez a reforma é sediada em São Paulo e tem como um dos sócios Armando Dagre Magri, que foi ouvido por Moro e reconhece a OAS como proprietária. O laudo da PF revela que há elevador privativo (e não é descabido que tenha sido adquirido de uma empresa do PR e instalado por uma de SP). Portanto, a dúvida que permanece é a dissonância do valor da reforma de R$ 777 mil e móveis planejados da Kitchens de R$ 320 mil.
Peço desculpas por todo esse imbróglio, mas eu realmente não esperava que alcançasse tamanha repercussão.

Prezad@s, até a mim causou espanto as fotos do Triplex. Como havia referência de valores quebrados, fui atrás da sentença do juiz Moro tentar entender como ele chegou àqueles valores.

De fato, constam inclusive os números das notas fiscais, emitidas pela "Talento Construtora", "GMV Latino America Elevadores", "TNG Elevadores" e "Kitchens Cozinhas e Decorações" (As 2 primeiras sediadas em Curitiba, PR).

Todas as empresas têm pagina no Facebook. Como não confio no Judiciário, fui pessoalmente questioná-las. Afinal, seja pela emissão de notas falsas, seja pela não entrega de serviços cobrados, é importante tirar isso a limpo. Convido tod@s a fazerem o mesmo (Como tem empresa que já bloqueou as avaliações, a alternativa agora é postar a avaliação pelo google).

Abaixo, transcrição de trechos da sentença do ilustre juiz:

"381. Os custos da reforma atingiram R$ 1.104.702,00 e incluíram a instalação de elevador privativo no apartamento triplex, cozinhas, armários, readequação de dormitórios, retirada da sauna, ampliação do deck da piscina e até compra de eletrodomésticos.
(...)
385. Ali se encontram a Nota Fiscal 423, no valor de R$ 400.000,00, emitida em 08/07/2014, a Nota Fiscal 448, no valor de R$ 54.000,000, emitida em 18/08/2014, a Nota Fiscal 508, no valor de R$ 323.189,13, emitida em 18/11/2014. Todas elas foram emitidas contra a OAS Empreendimentos e têm por objeto "execução de obra de construção civil, localizada no endereço Rua General Monteiro de Barros, 638, Vila Luiz Antônio, Guarujá, SP". Total de cerca de R$ 777.189,00.
386. Também ali encontram-se planta para reforço metálico do térreo do apartamento triplex, cobertura, no Edifício Mar Cantábrico, a Nota Fiscal 8542 emitida, em 15/09/2014, pela GMV Latino America Elevadores contra a Tallento, no valor de R$ 798,00, relativamente à venda de óleo para elevador, a Nota Fiscal 8545, emitida, em 16/09/2014, pela GMV Latino America Elevadores contra a Tallento, no valor de R$ 47.702,00, relativamente à venda de elevador, a Nota Fiscal 103, emitida, em 20/10/2014, pela TNG Elevadores contra a Tallento, no valor de R$ 21.200,00, relativamente a serviços de instalação de elevador, com três paradas, na "obra solaris, Guarujá". Esses serviços e obras contratadas pela Tallento foram incluídos nos preços cobrados desta para a OAS Empreendimentos.
(...)
389. Além da reforma realizada pela Tallento Construtora no apartamento 164-A, a OAS Empreendimentos contratou a Kitchens Cozinhas e Decorações para a colocação de armários e móveis na cozinha, churrasqueira, área de serviços e banheiro, no montante de R$ 320.000,00."


Observação de Cidadania e Reflexão: outra evidência da montagem é que o elevador que se soma ao montante dos gastos não pertence ao apartamento, mas é um elevador do próprio prédio, coletivo, que também serve ao apartamento.

O Artigo "NOTAS FISCAIS DA REFORMA NÃO FEITA NO TRIPLEX FORAM EMITIDAS EM CURITIBA!" está listado em "Política"
Leia também:
Memorial do Cidadão
Não se espera mais de um congresso comprometido, mas eleito pelo povo
2 de agosto de 2017: Michel Temer é livrado de processo pela Câmara dos Deputados
Educação
Educação e Cidadania
Opinião - Revista Carta Capital - Reprodução
Educação
Dia do trabalho
1º DE MAIO: DIA DOS TRABALHADORES E DAS TRABALHADORAS















Quem somos Cidadania e Reflexão ® - Copyright Contato