"A reflexão não tem lado predefinido e não se apoia em binarismos." Convidamos você eleitora e eleitor a uma reflexão sobre a importância das eleições legislativas. Conheça e participe da Campanha: "A Lição de Casa da Cidadania".
Procurar no site:
   Cidadania e Reflexão / A Lição de Casa da Cidadania (campanha)
A Lição de Casa da Cidadania (campanha)
Memorial do Cidadão
Cidadania
Educação
Política
Utilidade Pública
Entidades e Serviços
em destaque
Cristão, você conhece a pêra?

A pêra era um instrumento de tortura usado durante a ditadura militar para castigar presos políticos.
O instrumento era introduzido na vagina de mulheres ou no ânus de homens e então, com o acionamento da rosca que aparece na imagem, o ânus ou vagina era alargado até seu rompimento e profuso sangramento. Logo após isso, não era incomum a introdução de ratos vivos, que se encarregavam de produzir lesões extremamente dolorosas e definitivas nas vítimas. A platéia dos "profissionais" de segurança que levavam adiante o procedimento se deleitava aos risos, confirmando sua vitória sobre quem considerava como inimigo e exercia sua auto-afirmação através de subjulgar violentamente outro ser humano.
Instrumentos deste tipo eram usados pelo "homem modelo" de Jair Bolsonaro, o Coronel Carlos Alberto Brilhante Ulstra; este mesmo que é louvado pelo candidato em público, enquanto o mesmo xinga e emporcalha pesquisadores e educadores.

Isto é apenas uma amostra do pensamento que se propõe reintroduzir no país, já que candidato apoiado por "pessoas de bem" e "pessoas de Deus" conta com amplo apoio nestes setores da sociedade para assim o fazer. Segundo as declarações do próprio candidato, ele é um apoiador da tortura e, segundo ele, em declaração de viva-voz, "a população é favorável a isto também". Assim, o cenário está armado.

Não há dúvidas de que parte das "pessoas de bem" apoia este tipo de procedimento. Mas também não é dúvida que as tais "pessoas de Deus" que apoiam o candidato assim também o façam diretamente ou indiretamente. A diferença entre estes dois grupos é que no caso das "pessoas de Deus" tais terão alguém que lhes pedirá contas por suas atitudes; Os que defendem a tortura no primeiro grupo, não tem mesmo qualquer compromisso com a humanidade ou ignoram Deus e assim prosseguirão altivamente em seu intuito.

Assim, para quem ainda acredita em Deus, e também ainda é acreditado por Ele, a confirmação do voto no candidato apologista da tortura e outras barbaridades, no dia 28, domingo, também significa assumir um compromisso espiritual de responder conjuntamente pelas práticas que serão instituidas no país e com a violência que não se esconde mais, e que somente aguarda a confirmação do voto destes cidadãos para se sentir livre para agir.

Conclui-se por tudo isto que as portas do inferno estão diante do povo de Deus.
Agora toda a sociedade e Deus também aguarda para saber se este povo dará sua autorização para que essas portas sejam abertas e tragam o inferno sobre todos nós brasileiros.

A decisão é sua e é de cada um de nós. Apenas não pode ser tomada de maneira inconsciente, pois o caminho é sem volta.

Analise, assista as declarações do candidato, veja o que ele realmente pensa, pense por si mesmo e se achar absurdas as declarações dele, não se comprometa com o que não poderá arcar depois, por ser tarde demais e não mais ser possível retroceder.

A.L.Carolli - Cidadadania e Reflexão

Assista também:

Palavra da Salvação

Bolsonaro: é hora de conhecer as propostas do candidato (as verdadeiras intenções)

Bolsonaro sugere com "ponta da praia" assassinatios em série de opositores políticos


O Artigo "Os "homens de bem", os cristãos, a pêra e as portas do inferno" está listado em "A Lição de Casa da Cidadania (campanha)"
Leia também:
Política
A quantas anda a justiça brasileira
O caminho do arbítrio com supremo, com tudo...
Sobre Religião
Reflexão na Páscoa
CRISTO É NOSSA PÁSCOA. Por Dom Reginaldo Andrietta, Bispo Diocesano de Jales
Memorial do Cidadão
Um tapa na cara da cidadania
Aécio Neves tem seu cargo devolvido por comissão de "ética"















Quem somos Cidadania e Reflexão ® - Copyright Contato