"A reflexão não tem lado predefinido e não se apoia em binarismos." Refletir sobre tudo é preciso, tendo a consciência prévia de que não existem lados a serem assumidos a priori. Posições devem ser decorrências de análises.
Procurar no site:
   Cidadania e Reflexão / Utilidade Pública
Memorial do Cidadão
Cidadania
Educação
Política
Utilidade Pública
TVCR - Diálogos Contemporâneos
Entidades e Serviços
em destaque
É A ÚLTIMA HORA PARA ACORDAR. DESERTIFICAÇÃO NÃO SERÁ RESTRITA A AMAZÔNIA E SERÁ IRREVERSÍVEL

NÃO É SOMENTE A AMAZÔNIA QUE VIRARÁ UM DESERTO.
PARA QUEM AINDA NÃO SABIA SOBRE A DESERTIFICAÇÃO DE EXTENSAS ÁREAS DO BRASIL OU PRECISAVA DE UMA IMAGEM COMO PROVA, AÍ ESTÁ.

Entendendo o processo de desertificação de uma maneira direta e simples: é a floresta que evapora a água que alimenta as chuvas no centro do continente sul-americano. Assim, as áreas atingidas na América do Sul pela fumaça das queimadas das florestas são as mesmas futuras áreas desertificadas pela falta de chuva ocasionada pela destruição da floresta amazônica, por quê, na maioria das vezes, a fumaça faz a mesma trajetória do vapor gerado pela floresta tropical e que alimenta boa parte do continente mediante chuvas.
O vapor é levado pelos ventos e precipita sobre boa parte da América do Sul, mantendo o agronegócio e as principais bacias fluviais.
A situação é relativamente fácil de entender: de uma maneira simplificada, a fumaça das queimadas forneceu o marcador das futuras áreas secas e desertas, para quem ainda tinha dúvida se seria atingido pelos efeitos do desmatamento.
É um processo que já está em curso e é perceptível.
Analise e pesquise se você e se seus conhecidos mais antigos estão percebendo diferenças do clima atual com o clima das décadas anteriores, caso more nos locais normalmente alcançados pela fumaça das queimadas, todos os anos.
Confira se você mora nas áreas atingidas na imagem abaixo.
Para cada fazenda de gado criada na Amazônia, teremos o equivalente e muito mais retirado da região sul do Brasil e países vizinhos.
Não existe solução sem conscientização da cidadania. Caminharemos para a destruição. Queimamos o futuro e o futuro é curto.
A Amazônia está se aproximando do "ponto de não retorno", a partir do qual o processo de desertificação assume movimento próprio e se torna irreversível.
A administração pública, que seria a responsável por delimitar urgentemente atividades econômicas no país, atualmente foi entregue pelos próprios eleitores a interesses imediatistas do grande capital, que não tem compromisso com a preservação. Por isso, não somente abandonou a questão, como também trabalha a favor da destruição do meio ambiente. A intenção é publicamente declarada e está documentada. É "passar a boiada" enquanto a sociedade discute coisas vãs entre polêmicas intermináveis.
Em outra frente, as fiscalizações foram suspensas, multas anuladas e legislação amplamente "flexibilizada". Assim, o desmatamento avança praticamente sem limites no país, satisfazendo o interesse imediato do uso do grande capital.
Por isso, é urgente, cidadã e cidadão: pesquise, analise, informe-se; exija. Em se apropriando destes conhecimentos, passe adiante.
Para saber mais, estude sobre os "rios voadores", em vários vídeos de documentários científicos de qualidade disponíveis na Internet.

Para fazer uma comparação simples. Zonas como o interior de São Paulo, MS, MT, MG, GO, PR, SC, poderão se equiparar ao interior seco do estado da Bahia.

O agronegócio será, a partir de agora, gradualmente atingido; A indústria hidrelétrica será, gradualmente, atingida. O meio ambiente como um todo será prejudicado. Temos uma dependência direta da Amazônia e por isso ela precisa ser preservada agora, enquanto ainda há tempo.

Declarou o cientista Antônio Nobre: "Removeu vegetação, prepare-se para um clima inóspito!"

Para entender com funciona o mecanismo de desertificação, assista ao vídeo "Rios Voadores", clicando aqui!

E VOCÊ, CIDADÃ OU CIDADÃO, NÃO VAI COMPARECER NÃO?

O Artigo "É A ÚLTIMA HORA PARA ACORDAR. DESERTIFICAÇÃO NÃO SERÁ RESTRITA A AMAZÔNIA E SERÁ IRREVERSÍVEL" está listado em "Utilidade Pública"
Leia também:
Gênero e Sexualidade
Ensinando o respeito
A primeira diretora trans em uma escola pública em São Paulo
Cidadania
Continuar a caminhar
MUDAR ESTRUTURAS PARA UNIVERSALIZAR DIREITOS
Política
Juntando as peças
A Crônica de uma Sentença Anunciada (pré-anunciada)















Quem somos Cidadania e Reflexão ® - Copyright Contato